Faculdade gratuita na Argentina e sem vestibular para brasileiros

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a faculdade gratuita na Argentina não faz parte de um programa de intercâmbio estudantil. Esse é um projeto de ensino universal, onde qualquer pessoa pode ingressar na Universidade.

São diversos cursos oferecidos e não é necessário nenhum tipo de bolsa para conseguir estudar nas melhores universidades do país vizinho.

Universidad de Buenos Aires é opção para brasileiros que desejam fazer faculdade de forma gratuita na Argentina.
Universidad de Buenos Aires. (Foto: Divulgação).

Como funciona a faculdade gratuita da Argentina?

O sonho de se formar em um Universidade de Medicina pode se tornar realidade para muitos brasileiros, pois existe faculdade gratuita na Argentina que pode ser cursada por estrangeiros sem a necessidade de fazer vestibular.

No entanto, os custos de material, transporte, moradia, alimentação e saúde ficam por conta do próprio estudante.

O Governo Argentino não se opõe que estudantes brasileiros se formem em suas Universidades, sejam elas públicas ou particulares.

Caso a escolha seja a Universidade Pública, o estudante fica isento de pagar mensalidades, pois é totalmente gratuita. Para as Universidades particulares, existe um custo da mensalidade igual para todos os alunos, independente se é estrangeiro ou não.

Outro ponto positivo é que na Argentina não existe vestibular para seleção de alunos, eles  simplesmente não realizam esse procedimento.

Portanto, o primeiro passo é planejar sua viagem e ter um rendimento financeiro que lhe permita pagar as despesas no País durante sua estadia.

A maioria das grandes Universidades ficam localizadas na capital, Buenos Aires ou nas cidades próximas a  ela, a estimativa de custo mensal que um estudante tem é de aproximadamente 4 mil reais, mesmo não pagando a mensalidade da universidade.

No entanto, aqueles que não  se importam de morar em quartos compartilhados, podem ter esse custo bastante reduzido.

Além disso, é preciso analisar a cultura local, a cidade e também se  o estudante de fato está disposto a viver em outro país pelo período completo do curso.

Se é realmente isso que você quer, então, está na hora de procurar um curso do seu interesse e começar o processo de inscrição que deve ser realizado com pelo menos 10 meses de antecedência.

Documentos necessários para fazer faculdade gratuita na Argentina

O Ministério da Educação Argentino exige documentos originais e cópias autenticadas, portanto, é importante ficar atento na relação repassada por eles no ato da inscrição.

A parte documental é um pouco burocrática, por isso, é indicado começar o processo com antecedência.

No geral são:

  • Certificado de Conclusão de Ensino Médio
  • RG atual
  • Histórico Escolar do Ensino Médio
  • CPF
  • 6 fotos 4 x 4 com fundo branco
  • Certidão de Nascimento
  • Carteirinha de vacinação ( Hepatite B e Antitetânica)
  • Formulário de pré inscrição da Universidade
  • Certificado de antecedentes criminais emitido pela Polícia Federal do Brasil
  • Comprovante de residência atualizado
  • Carta de recomendação do professor
  • Carta de apresentação da Secretária de Admissão da Faculdade

Na maioria das vezes, as cópias autenticadas de documentos exigidas são:

  • 2  cópias da certidão de nascimento ou casamento
  • 3 cópias do RG
  • 3  cópias do Histórico Escolar
  • 3 cópias o certificado de conclusão do ensino médio
  • 1 cópia da carteira de reservista

Estudantes que optam pelas Universidades particulares, deve ter o DNI – Documento Nacional de Identidade Argentino, é um visto permanente para estrangeiros que moram na Argentina.

Não existe vestibular porque as Universidades fazem um curso de nivelamento, onde o aluno cursa matérias básicas durante o primeiro ano de estudo.

Para iniciar todo o processo de admissão e migratório existem diversas Agências Especializadas, os profissionais são especializados na organização de toda a documentação necessária para o estudante morar e estudar em uma faculdade gratuita na Argentina.

Cursos oferecidos

São muitos cursos oferecidos pelas Universidades gratuitas na Argentina, ou seja, os estudantes podem realizar o sonho de estudar:

  • Gastronomia
  • Medicina
  • Fotografia
  • Administração
  • Engenharia
  • Hotelaria
  • Logística
  • Entre outros

De acordo com uma entrevista dada a BBC, as instituições Argentinas apontam o curso de Medicina como o mais procurado pelos Brasileiros. Atualmente, entre 4.000 alunos matriculados nesse curso, 1500 são brasileiros .

As principais faculdades gratuitas na Argentina são:

  • UBA – Universidade de Buenos Aires
  • UNA – Universidade Nacional de Arte
  • UNLAM- Universidade Nacional de La Matanza
  • UNLP – Faculdade de Medicina- Universidade Nacional de La Plata

O diploma da Argentina vale no Brasil?

Muitos estudantes tem dúvidas à respeito disso, mas o procedimento para validação de diploma é o mesmo para qualquer pessoa que estuda fora. É necessário passar por um processo de revalidação do diploma para exercer a profissão dentro do Brasil.

As Universidades Argentinas tem excelente pontuação internacional, são consideradas de excelência, portanto, o estudante não vai encontrar dificuldades nesse processo.

Além disso, nenhum estudante fica devendo nada ao País por ter ganho uma faculdade gratuita, ele pode tranquilamente voltar para seu País de origem após concluir o curso.

Mas, por que a Argentina faz isso, mesmo estando em uma situação de crise?

Esse é um assunto bastante polêmico, algumas autoridades na Argentina defendem que essa gratuidade para todos deveria ser restrita somente para os estudantes estrangeiros que realmente querem viver no País. Pois defendem que não estão vivendo uma fase boa para sustentar a educação dos estrangeiros que levam o conhecimento para outro lugar depois de formados.

A forte presença dos brasileiros nas faculdades gratuitas na Argentina tem causado forte  preocupação, até porque não existe uma política de troca entre os governos. Eles questionam se o Brasil também permitiria esse grande número de estudantes Argentinos nas faculdades gratuitas.

Mas, existem outras razões para isso acontecer. Para os que defendem esse sistema, alunos estrangeiros enriquecem a troca de experiência entre os estudantes e também melhoram a opinião internacional do País, é o que apontam os especialistas Argentinos.

Benefícios de estudar na Argentina

O fato é que não existe outro País no mundo que oferece Universidade gratuita para estrangeiros. É incrível como 60% dos alunos brasileiros matriculados no País conseguem estudar medicina sem pagar nenhuma mensalidade.

Infelizmente, esse é um sonho bastante distante para os estudantes que moram no Brasil, por isso, é uma das fortes razões que fazem muitos se mudarem para a Argentina.

No Brasil, as Universidades públicas são muito concorridas, especialmente em cursos como Medicina. Em contrapartida, as particulares são muito caras, com um custo da mensalidade acima de 6 mil reais por mês.

Portanto, por mais que o custo de vida na Argentina para alimentação, moradia, materiais e transporte seja alto, existem opções de quartos compartilhados menos onerosos, fator que possibilita ao aluno brasileiro com menos renda fazer o curso tão sonhado.

Portanto, o alto custo das mensalidades e a dificuldade que muito estudantes tem de fazer o cursos pretendidos no Brasil, estão fazendo com que os alunos busquem outros recursos e estudar na faculdade gratuita na Argentina é uma dessas alternativas.

Outro motivo bastante pertinente é a troca cultural, estudando fora, os alunos brasileiros aprendem um novo idioma e vivenciam um outro estilo de vida. É gratificante a ponto de muitos estudantes ficarem morando de vez no País que estão estudando.

A Faculdade gratuita na Argentina é sem vestibular, talvez para muitos, esse seja o fator fundamental para haver tanta procura de brasileiros para cursar medicina.

O fato é que o País possui uma forma diferenciada de avaliar o aluno, isso envolve um curso de nivelamento que é feito logo no primeiro ano com todos os estudantes. Eles aprendem conteúdos básicos referente aquele curso que escolherem, no final do ano, realizam a prova e se aprovados, já passam para o segundo ano para dar continuidade.

Caso reprovar em alguma matéria, é possível repetir somente ela e continuar os estudos normalmente.

Não existem cotas e muito menos concorrência, esse curso de nivelamento tem o objetivo de ofertar o mesmo conhecimento  para todos os estudantes, pois é do conhecimento de todos que alguns possuem um ensino mais avançado do que outros levando em conta a instituição que cada um estudou.

Ser o profissional que você sempre quis é um sonho que pode se tornar uma realidade com a faculdade gratuita na Argentina.

Além disso, existem as universidades particulares, cujo os valores das mensalidades são extremamente acessíveis quando comparadas com a do Brasil.

Os valores da mensalidade no curso de medicina chegam a custar cerca de 1,300, 00 reais, um preço bem inferior quando comparado com o Brasil, onde dificilmente se encontra por menos de 6 mil reais.

Se você se interessou em estudar na Argentina, procure uma agência de confiança que ajude com os trâmites documentais, matrículas, aluguel de estadia e demais burocracias necessárias para a mudança. Boa sorte!

Comente