Bolsa para estudar na China 2018: vagas na Universidade de Pequim

Maior universidade da China oferece bolsas de estudo para alunos internacionais.

Em busca de uma bolsa para estudar na China 2018? Pois saiba que a Universidade de Pequim, considerada a “Harvard da China” está com oportunidades abertas. Serão selecionados alunos internacionais para cursos de mestrado na instituição. Veja como participar do processo seletivo e fique por dentro dos benefícios.

A Universidade de Pequim está disponibilizando 125 bolsas de estudo para estrangeiros. As oportunidades contemplam os cursos de mestrado, na Yenching Academy. Não é preciso saber mandarim para se inscrever na seleção, afinal, o programa será todo ministrado em inglês.

Muitos brasileiros estão querendo uma bolsa para estudar na China 2018.

As bolsas de estudo pertencem ao programa Yenching Academy. (Foto: Divulgação)

Áreas com bolsas de estudo na Universidade de Pequim

O programa de bolsas de estudo na China, desenvolvido pela Universidade de Pequim, tem como objetivo ampliar a realização de pesquisas e estreitar as relações com outros países. Os estrangeiros, interessados nas vagas, poderão escolher uma das seguintes áreas para estudar de graça na instituição:

  • Economia e Gestão
  • História e Arqueologia
  • Política e Relações Internacionais
  • Direito e Sociedade
  • Filosofia e Religião
  • Literatura e Cultura

Como conseguir bolsa para estudar na China 2018?

Os brasileiros, interessados em estudar na China de graça, devem se enquadrar nos requisitos do programa de mestrado na Yenching Academy. São eles:

  • Ter concluído o ensino superior;
  • Apresentar excelente desempenho acadêmico;
  • Ter idade até 25 anos;
  • Falar inglês fluentemente;
  • Comprovar interesse em estudos interdisciplinares sobre a China.

Vale lembrar que, os candidatos que participam de atividades extracurriculares ou são engajados em projetos sociais somam pontos no processo seletivo.

O que cobre a bolsa?

A bolsa para estudar na China 2018, oferecida pela Universidade de Pequim, cobre as passagens de ida e volta para a capital chinesa. Ela também oferece um auxílio mensal para pesquisas de campo e despesas pessoais.

Os benefícios do programa não param por aí. A iniciativa também paga a anuidade do curso de mestrado e o seguro de saúde do aluno internacional. Além disso, a melhor universidade da China oferece moradia nos dormitórios da instituição aos bolsistas.

A bolsa arca com todas as despesas do aluno internacional. (Foto: Divulgação)

Inscrições

As inscrições para mestrado gratuito na China seguem abertas até 15 de janeiro de 2018. Os interessados nas oportunidades devem acessar o site oficial do programa (http://yenchingacademy.org) e preencher o formulário eletrônico de candidatura.

No ato da inscrição online, também é necessário enviar os seguintes documentos: currículo, histórico escolar, personal statement, cartas de recomendação, certificado de proficiência em inglês (TOEFL ou IELTS) e diplomas.

Os candidatos aprovados na primeira etapa serão convocados para a segunda fase, que consiste numa entrevista por Skype.

E aí? Pronto para disputar uma bolsa para estudar na China 2018? Restou alguma dúvida com relação ao application? Deixe um comentário.

Comente