Áreas que mais empregam no Japão (e faltam profissionais) 

A falta de mão de obra japonesa amplia as oportunidades para brasileiros

Para os brasileiros que buscam por uma oportunidade em terras orientais, conhecer áreas que mais empregam no Japão é uma ótima forma para se arriscar no país, que, atualmente, conta uma economia aquecida e muitas vagas!

Serviços de solda é uma das áreas que mais empregam no Japão.

Profissionais que trabalham com solda possuem boas chances de contratação. (Foto: Divulgação)

Afinal, quais são áreas que mais empregam no Japão?

Além de inúmeras curiosidades, que você precisa saber sobre o Japão, um fator determinante, antes de se candidatar a uma vaga, é a que falta de mão de obra jovem é, hoje, o maior ponto facilitador para os brasileiros, que querem tentar a vida nesse país.

De acordo com uma matéria, realizada pelo Jornal Nacional, para as vagas em que uma formação superior não é necessária, é aí que as chances aumentam.

Uma prova disso é que segundo a mesma reportagem, estabelecimentos como restaurantes, por exemplo, sofrem por não completarem o seu quadro de funcionários, levando, assim, a duas alternativas: a de fecharem mais cedo ou investirem em tecnologia de ponta; para que os processos de automação possam suprir a carência de serviços, que poderiam ser feitos por humanos.

E diante desse quadro, levantaremos a seguir não só informações sobre oportunidades para não-graduados, com também para aqueles que sonham em exercer a sua formação do Brasil em solo japonês.  Visto que com aquecimento da economia as chances aumentaram para todos!

Logo, para complementar aquela sua pesquisa sobre  cidadania japonesa e visto de trabalho no Japão, confira tudo que você precisa saber sobre o mercado de trabalho desse país!

Para áreas sem formação superior

O setor industrial japonês é o que mais sofre com escassez de candidatos. Dessa forma, as fábricas, que movimentam boa parte da economia do país, acabam tendo que lidar com falta de mão de obra, para suprirem suas necessidades

Entre as empresas que se destacam, as que abrangem serviços de solda, empilhadeira, inspeção, montagem, embalagem e alimentos são as que concentram um maior número de oportunidades.

Além disso, estabelecimentos comerciais e restaurantes, com já mencionamos, também estão entre os setores que carecem de candidatos. 

Sendo uma boa oportunidade para brasileiros que pretendem juntar dinheiro, o ponto negativo fica por conta de uma jornada de trabalho extremamente exaustiva, que pode chegar até 11 horas diárias. Contudo, as horas extras são um atrativo, visto que a remuneração pode aumentar em até 25%.

Agora se você está a fim de saber informações mais detalhadas sobre as vagas em alta no Japão, a agência de empregos Itiban poderá servir de grande ajuda nessa busca.

Isso porque, ela é considerada a maior agência de empregos para brasileiros no Japão, distribuindo informações sobre vagas de emprego, visto, passagens, entre outras.

Para áreas com formação superior

Engenheiros também podem construir carreira no Japão. (Foto: Divulgação)

Para exercer a sua formação superior no Japão, o primeiro ponto a ser levantado é que o conhecimento na língua japonesa é um requisito básico.

Além disso, de acordo com uma matéria da Exame, os candidatos estrangeiros que tenham mestrado ou MBA  estão sujeitos a terem as  suas chances multiplicadas.

Já em relação às áreas com maiores oportunidades, a matéria a ponta que a Engenharia eletrônica e de sistemas, administração, arquitetura e design são as que mais empregam profissionais estrangeiros.

Outro ponto que facilita a contratação de estrangeiros, em grandes empresas japonesas, é a fluência na língua inglesa.  Isso porque, por conta da fonética da língua inglesa se distinguir completamente da japonesa, os orientais acabam tendo uma dificuldade maior com esse idioma, por conta do sotaque.

Contudo, vale ressaltar que o mercado de trabalho japonês para empregos que exigem formação superior é completamente competitivo.  Dessa forma, para o brasileiro que pretende exercer a sua formação no país, é preciso saber que as suas habilidades e conhecimentos deverão estar a par de um candidato nativo.

E se para ter uma noção mais sólida sobre as áreas que mais empregam no Japão, o que pode ajudar na sua busca são 09 sites de emprego japonês abaixo:

E aí?  O que você achou deste artigo sobre as áreas que mais empregam no Japão?  Compartilhe coma gente a sua opinião e fique por dentro este portal!

Comente