Trabalho voluntário no Nepal: tudo o que você precisa saber

O trabalho voluntário no Nepal já acontece há muitos anos, afinal, é o País considerado o mais pobre da Ásia. O fato é que o lugar precisa de ajuda de pessoas que estão dispostas a dedicar um pouco do seu tempo pelo bem do próximo.

Trabalho voluntário no Nepal proporciona uma grande experiência de humanidade
Catmandu, capital do Nepal. (Foto: Divulgação).

O Nepal fica localizado na região dos Himalaias, ao norte do Tibete, uma região autônoma da China que fica ao sul e oeste da Índia. Não há costa marítima no País, mas há um dos pontos turísticos mais famosos do mundo, o monte Everest, considerado o lugar mais alto da terra.

A capital do Nepal é Catmandu, outras cidades importantes do País são Pokhara e Lumbini, onde nasceu o “Buda”.

Como pode se notar, o Nepal tem um grande valor histórico, inclusive, é considerada pela ONU uma região de grande acervo monumental. É por isso que o País é muito visitado pelos turistas do mundo inteiro.

Por que existe o trabalho voluntário no Nepal?

O Nepal é um País extremamente pobre, possui aproximadamente 184 habitantes por metro quadrado, ou seja, tem uma das maiores densidades demográficas do continente.

A população do País é constituída por aproximadamente 12 etnias que conseguem conviver de forma harmoniosa. A agricultura é a área que emprega mais pessoas no País, cerca de 90% das pessoas vivem do plantio de milho, cana de açúcar e sobretudo do arroz, o carro chefe da região.

O turismo também gera ganhos para uma boa parcela da população, especialmente em Lumbini, terra onde nasceu o Buda e também na cidade de Pokhara, região em que se localiza as principais atrações.

No entanto, aproximadamente 25% da população do Nepal vive abaixo da linha da pobreza. Ou seja, é uma nação carente que também é afetada pela incerteza política.

Por isso, o trabalho voluntário no Nepal é uma realidade, pois além de todos esses fatores econômicos que levam a miséria, o local também é atingido por vários desastres naturais que agravam ainda mais a situação.

Como funciona o trabalho voluntário no Nepal?

Para mudar um pouco a realidade do País, existem vários programas e projetos sociais destinados a quem precisa. Entre eles são:

Profissionais da saúde:

  • Clínicas móveis de assistência à saúde nas regiões rurais;
  • Oportunidade de estágio de medicina em diversos hospitais do Nepal;

Social e educação:

  • Trabalho em escolas para ensinar crianças a pintar, computação e inglês;
  • Projetos de empoderamento feminino para ensinar mulheres de origem humilde a falar inglês;
  • Cuidar de crianças em orfanatos;
  • Voluntariado de artesanato;
  • Ensinar esportes as crianças;
  • Trabalhos no monastério;

Área Rural:

  • Voluntário para ajudar a plantar, colher e realizar tarefas cotidianas na vida rural;

As pessoas interessadas em fazer o trabalho voluntário no Nepal devem procurar agências que oferecem esse intercâmbio e lá pode escolher a área que pretende colaborar.

Geralmente, os pacotes possuem um excelente custo x benefício, além disso, é fundamental uma agência que oferece oportunidades de projetos inspecionados para realmente causar um impacto social positivo.

Existem opções de passar 1 semana ou mais em projetos de assistência as pessoas. Vale confirmar a sua disponibilidade e os pacotes oferecidos para cada área.

Motivos para se fazer trabalho voluntário no Nepal

No geral, as pessoas apaixonadas pelo voluntariado são as que mais buscam oportunidades como essa. Afinal, é uma experiência de vida entender como outras pessoas vivem e como alguém do outro lado do mundo pode ajudar de alguma forma.

Alguns projetos são bastante simples e envolvem ensinamentos para as mulheres locais de como elas devem cuidar da higiene delas e de suas famílias. Ou seja, são conceitos básicos que visam tornar suas vidas mais saudáveis.

Enquanto isso, outros projetos são mais complexos, como é caso de estágio na área da Medicina. Os profissionais recém-formados podem conhecer a realidade de grandes hospitais do País e com isso, levar grandes aprendizados para casa.

Entre os principais benefícios de se candidatar em programas de voluntariado estão:

  • Conhecimento de uma cultura diferente;
  • Desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Ampliação da sua rede de contatos, pois é fato que fará novas amizades;
  • Terá a oportunidade de conhecer lugares históricos e bonitos;
  • Desenvolvimento de novas competências como: Visão do mundo, aumento da capacidade de negociação, flexibilidade, jogo de cintura diante das situações e facilidade de adaptação.

Essas qualidades podem fazer diferença na carreira profissional e na vida pessoal.

  • A maioria dos programas fornecem certificado de conclusão;
  • Intercâmbios de voluntariado tem preços melhores;
  • Terá a gratidão das pessoas ajudadas;

Quais são os requisitos?

Para ser um voluntário, a pessoa precisa ter alguma aptidão profissional ou então, boa vontade de aprender. Além disso, é necessário ter as seguintes características:

  • Ter acima de 18 anos de idade;
  • É necessário se comunicar em Inglês, pelo menos o nível intermediário que deve ser atestado no exame da agência contratada;
  • Ser uma pessoa flexível com costumes e culturas diferentes;
  • Ser disposta a realizar diversos tipos de tarefas, sem frescura;
  • Saber trabalhar em equipe;
  • Não possui antecedentes criminais;

É importante citar que durante o projeto, os voluntários vão ter muitas experiências que na maioria das vezes, serão muito fora da sua realidade de vida. Por isso, é fundamental que a pessoa tenha compreensão disso e esteja apta para aprender e respeitar essas diferenças.

Essas experiências vão desde seus costumes, a comida e até mesmo o modo de se comportar.

Os organizadores do projeto geralmente já deixam todos os procedimentos prontos, dessa forma, os voluntários conhecem sua jornada de trabalho e tudo sobre o alojamento, refeições, função e região onde irão trabalhar.

Ou seja, os interessados tem assistência durante todas as etapas do processo, é extremamente seguro. O trabalho voluntário no Nepal é uma excelente oportunidade de ter uma experiência em outro País, aumentar o conhecimento profissional e ainda ajudar o próximo

Comente