10 Dicas sobre empregos na Nova Zelândia para brasileiros

Confira orientações para arrumar emprego na terra dos kiwis.

Muitos brasileiros querem fugir da crise econômica e da agitação das grandes cidades. Eles estão dispostos, inclusive, a viajar 22 horas para chegar a um país moderno, tranquilo e com paisagens paradisíacas. Conseguir empregos na Nova Zelândia pode ser o primeiro passo para recomeçar a vida do outro lado do mundo.

A Nova Zelândia é popular não só por causa das paisagens bonitas, mas também pelo clima tropical, pela economia dinâmica e pelo povo acolhedor. O país, que já serviu para a gravação de vários filmes, é perfeito para quem gosta de esportes radicais e busca qualidade de vida.

Considere as cidades pequenas na hora de procurar por empregos na Nova Zelândia.

A Nova Zelândia vem sendo muito procurada por brasileiros que desejam trabalhar no exterior. (Foto: Divulgação)

Arrumar trabalho na Nova Zelândia não é tarefa tão complicada quanto parece. O mercado de trabalho é bem aberto para estrangeiros. As vagas estão concentradas não só nas metrópoles, como Wellington, Queenstown e Auckland, mas também nas cidades menores, como é o caso da pequena Kaitangata.

Veja também: Morar e trabalhar na Austrália

Empregos na Nova Zelândia para brasileiros: como encontrar?

Trabalhar na Nova Zelândia, sendo brasileiro, é possível. Veja a seguir uma seleção de dicas para conseguir emprego no país:

1 – Conheça o mercado de trabalho da Nova Zelândia

Antes de arrumar as malas e seguir viagem para a Nova Zelândia, é importante conhecer as carreiras que são consideradas “quentes” no país. Pesquisa científica, tecnologia aplicada à saúde, tecnologia da informação, agricultura e construção civil são as áreas que mais geram empregos para estrangeiros em terras neozelandesas.

2 – Esteja com o inglês afiado

Não dá para encontrar trabalho na Nova Zelândia sem antes dominar o idioma local. Portanto, estude inglês pela internet ou em uma escola de idiomas.

3 – Considere o trabalho voluntário

O trabalho voluntário é o primeiro passo para conseguir empregos na Nova Zelândia. Abraçar uma oportunidade de voluntariado é indicado para os brasileiros, mesmo se o trabalho não estiver relacionado a área profissional.

4 – Conte com a ajuda da internet

Visite os melhores sites de emprego na Nova Zelândia. A lista inclui Working in New ZealandNew Kiwis e Work Here, que são destinados aos profissionais qualificados que sejam migrar para o país. Também há o Careers NZ, que contempla áreas como TI, marketing, engenharia e vendas.

Quem busca qualquer tipo de emprego na Nova Zelândia pode experimentar os sites My Job Space, Workpool e o TradeMe. Prepare-se, no entanto, para enfrentar uma concorrência acirrada.

5 – Cuidado para não ser exigente demais

Quem não consegue emprego na área de formação precisa vislumbrar outras possibilidades de trabalho na Nova Zelândia. Vale a pena ocupar cargos mais simples, como babá, pintor, atendente de lojas, balconista ou garçom. Com o tempo, é possível se qualificar no país e arrumar um trabalho melhor.

6 – Adeque o seu currículo

Não basta apenas pegar um currículo brasileiro e traduzir para o inglês da Nova Zelândia. É necessário criar um novo documento, conforme às exigências e recomendações do mercado de trabalho do país.

7 – Providencie o visto

Ao chegar na Nova Zelândia, você não pode aceitar um emprego permanente sem antes ter o visto de trabalho comum. Esse documento permite trabalhar legalmente por tempo indeterminado para uma empresa neozelandesa.

Para conseguir o visto de trabalho na Nova Zelândia, o brasileiro deve pedir para que o empregador providenciar uma autorização da Imigração da Nova Zelândia e assinar o contrato.

Outra opção é viajar com o visto de estudante. Nesse caso, o brasileiro deve se matricular numa instituição de ensino de categoria 1 e obter permissão de trabalho por 20 horas semanais. Esse tipo de visto é a melhor opção para estudar e trabalhar na Nova Zelândia.

8 – Encontre uma vaga de emprego temporário

Há muitas oportunidades de trabalho temporário na Nova Zelândia. As vagas contemplam, sobretudo, as áreas de turismo e agricultura. Os imigrantes brasileiros podem buscar trabalhos no site Seasonal Jobs.

9 – Faça contatos

Faça contatos na Nova Zelândia. Converse com outros brasileiros que já moram no país e peça dicas para arrumar emprego no país. Quem sabe esse networking pode resultar em uma indicação. Participar de grupos do Facebook também é uma opção para se informar sobre as vagas abertas.

10 – Fique de olho nas recomendações

Existem algumas recomendações que aumentam as chances de conseguir trabalho na Nova Zelândia. Entre elas, vale destacar:

  • Ter idade entre 18 e 30 anos
  • Não ter filhos
  • Ter pelo menos 4200 dólares neozelandeses para se manter no país
  • Cumprir com os requisitos de saúde

E aí? Restou alguma dúvida sobre como conseguir empregos na Nova Zelândia? Deixe um comentário.

Comente